28 maio 2006

A magia de clown

Moshe está connosco. Tem sido uma experiência espantosa, o tipo de experiência que toda a gente devia ter.


Convidei-o por razões muito egoístas :) Ouvi falar dele pois é muito conhecido em alguns círculos Zen (Order of DisOrder, Contemplative Clowning e por aí fora) mas ele também está a fazer um trabalho fantástico com os Palhaços Sem Fronteiras. Para nós tem sido uma experiência de leveza, de soltar, de ouvir e estar atento, e de provar um pouco da energia de clown e da "contraridade" como na tradição dos índios norte-americanos (lembram-se do Índio que fazia tudo ao contrário no Litle Big Man?) E, sobretudo, tem sido uma experiência de amor.

24 maio 2006

The meaning of life

"O sentido da vida é ver"
Hui Neng, citado por Frederick Franck
que dois!
Li no último Tricycle... não, não li no artigo do Richard Gere, foi em The True Human que logo depois me fez saltar para amazon.co.uk encomendar um par de livros. Livromania, chama-se.